Exposição e Livro “Duas Linhas”: retrato sensorial do país

Exposição e livro “Duas Linhas”: retrato sensorial do país

Duas Linhas” o livro de Pedro Campos Costa e Nuno Louro lançado a 7 de Outubro, inspira uma exposição patente até 31 de Outubro no Espaço Avenida, 211 (Rua Rosa Araújo, 19) em Lisboa.

Segundo os autores, o objectivo por detrás do projecto do livro e da exposição é fazer “o retrato sensorial do território”. E explicam: “70% da população habita o território português ao longo da costa Ocidental. Apenas 30% da população vive no interior do país, ao longo da fronteira com Espanha. Duas zonas habitadas de diferentes maneiras, com tempos diferentes, ritmos, arquitecturas, paisagens, culturas, velocidades e densidades diferentes. Estes dois mundos, são duas realidades com potenciais e problemas, ambas com naturais ansiedades e características”.

Na linha ao longo da fronteira, explicam “o território é povoado com imagens de um tempo perdido, desertificado e sem esperança. Com uma paisagem melancólica ainda uma urbanização concentrada, povoada de um imaginário rural, hoje com um potencial turístico, ambiental e um património cultural e arquitectónico invejável”.

O que se encontro ao longo da linha da Costa é outra realidade “claramente urbanizada de forma contínua e dispersa, marcada com as grandes infra-estruturas viárias e ferroviárias, uma paisagem urbana típica das zonas urbanizadas. Aqui encontra-se a sociedade criativa e produtiva, típica das grandes urbes, continuamente em alteração e com uma enorme carga de construção”.

Os arquitectos percorreram os 715 quilómetros do território continental, nas duas linhas, com dois itinerários diferentes e uma metodologia: de Norte para Sul, em tempos e percursos diferentes. “Em 70 pontos pré-definidos foram tiradas 70 fotos. Dois territórios e tempos unidos ponto a ponto pela mesma latitude. Foram convidados dois fotógrafos para 5 registos individuais em latitudes, preferencialmente não consecutivas, à sua escolha. Daniel Malhão para a linha ao longo da fronteira, Nuno Cera para a linha ao longo da costa“.

O resultado do percurso é o livro de cerca 150 páginas, com fotografias e elementos gráficos e prefácio de Álvaro Domingues, Mário Alves, Samuel Rego, João Seixas e João Ferreira Nunes. A exposição é feita com os elementos produzidos durante o percurso e pode ser visitada às quintas, sextas e sábados das 16h às 21h.

Autores do projecto

Pedro Campos Costa

Nuno Louro

Fotógrafos

Nuno Cera

Daniel Malhão

Design Gráfico

R2 design

Os Autores

Pedro Campos Costa

Pedro Campos Costa é Licenciado em Arquitectura pela Universidade do Porto, Portugal em 1997. Pós-Graduação em “Planeamento e Construção Sustentável ” pela FEUCP -Faculdade de Engenharia da Universidade Católica Portuguesa. Trabalhou no UN STUDIO – Van Berkel e Bos, em Amesterdão e com Promontório Arquitectos em Lisboa. Desde Novembro de 2007 Sócio Fundador de Campos Costa arquitectos.

Vencedor do prémio Libero Ferretti “Dove abita l´utopia” – promovido pela Domus Academy – com a intervenção em Roma “Paisagens indivisíveis”, em 2000. Vencedor do prémio “ NEXT GENERATION” – promovido pela revista Metropolis em New York, com o projecto CASA não CASA, trabalho com integração de sistemas fotovoltaicos, em 2006.

Tem realizado diversos projectos artísticos e cenografias. Actualmente é redactor da revista D´ars, sediada em Milão.

Nuno Louro

Licenciado em Arquitectura pela Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa, em 2000. Frequência do ano curricular no mestrado em “Arquitectura” pela Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa, em 2005.

Colaborou no atelier Pedro Ressano Garcia, arquitectos em Lisboa, no atelier MAXWAN, Architects and Urbanists em Roterdão e no atelier ZT Arquitectos em Lisboa. Desde 2007 que trabalha como freelancer, desenvolvendo e participando em projectos nas diferentes áreas. Bolseiro da Fundação da Juventude para trabalho de investigação sobre a cidade da Amadora no âmbito da “CIDADE E DEMOCRACIA, 25 anos depois: Estudo da evolução das cidades médias nos últimos 30 anos”. Premiado no concurso de ideias “ARTE EM CAMPO”, promovido pelo Instituto das Artes, com o projecto EUROBUS. Vencedor do Concurso para a remodelação de espaços na Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa.

Notícia publicada em: http://www.oasrs.org

2linhas22linhas

Anúncios

0 Responses to “Exposição e Livro “Duas Linhas”: retrato sensorial do país”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




EMAIL naul.wordpress@gmail.com

calendário

Outubro 2009
S T Q Q S S D
« Set   Nov »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Visitantes

  • 122,549 arquitectos

%d bloggers like this: