Arquivo de Fevereiro, 2009

Mister Glasses ep.2

episódio 2

Anúncios

Pecha Kucha Night Lisbon

bannerv2_19

Pecha Kucha Night Lisbon é um forum informal para a apresentação de trabalho criativo proveniente de diferentes disciplinas como Arquitectura, Design, artes gráficas, artes visuais, moda…

As candidaturas à participação na Pecha Kucha Night Lisbon #6 que deverá ocorrer entre Abril e Maio, em Lisboa estão abertas até ao final de Março.

As propostas devem ser enviadas para o e-mail pechakucha.lisbon@gmail.com com a seguinte informação:
– Nome
– Idade
– Telemovel
– Profissão
– Empresa (caso exista)
– Sinopse da apresentação
– 2 jpgs ilustrativos da apresentação
– Website (caso exista)

mais informações em   www.pechakuchalisbon.blogspot.com

EUROPAN 10

ep10_logo_220

A Europan, Federação europeia de organizações nacionais, cuja missão é promover projectos de qualidade e activar o intercâmbio europeu em torno de ideias inovadoras, expressas por jovens arquitectos e outros profissionais em concursos que se realizam simultaneamente em várias cidades europeias lançou o EUROPAN 10.

Com 3 lugares em Portugal num universo de 62 em 19 países, a presente edição elegeu o tema ‘A Urbanidade Europeia – Vida Residencial e Durabilidade’ e 3 subtemas  agrupam os sítios a concurso por afinidades, mais de natureza estratégica do que programática:

1 Colonização: nova comunidade; prolongamento ou fundação urbana; escalas de sustentabilidade;
2 Revitalização: acupunctura urbana; espaços públicos lineares; pólos magnéticos;
3 Regeneração: conversão programática; mutação paisagística; transformação social.

Nesta 10ª edição para além das Câmaras Municipais, também uma empresa, a Invesfer, participa com um local a concurso, uma área a reconverter, no Entroncamento, dentro do subtema 3. No subtema 1, participa a Câmara Municipal de Cascais, com um terreno adjacente ao futuro hospital (em construção) e por onde passará o futuro Metro ligeiro, e a Câmara Municipal de Lisboa, no subtema 2, com um prolongamento do eixo central da Avenida da Liberdade, até ao Campo Grande, e articulação com a 2.ª Circular e o acesso ao Alto do Lumiar.

29 de Maio é a data limite para entrega de propostas.

Mais informação em    http://www.europanportugal.pt


Ciclo de Conferências

et5A OASRN, no Porto, assinou um protocolo com a Casa da Música para poder realizar conferências no seu espaço.  Neste âmbito, a linha de programação de conferências tem como objectivos: apoiar, partilhar e ampliar a programação cultural em função de oportunidades de presença de conferencistas num território nacional ou vizinho. Estabelecer parcerias com outras instituições para alargar o âmbito de participação em eventos por estas organizadas. Segundo a OASRN o ciclo está aberto a situações ‘improvisadas’ ou ‘informais’, resultado de propostas de qualquer iniciativa exterior.

As conferências serão entre os meses de Fevereiro até Abril, (para saberes as datas clica no titulo da conferência)

em trânsito #022

‘O que a aprendi com a Arquitectura?’

Eduardo Souto Moura

Porto, 22 de Janeiro de 2009 | 5ª feira, 22h

Casa da Música

em trânsito #023

‘Designing Models’
Günther Vogt
Porto, 5 de Fevereiro de 2009 | 5ª feira, 22h
Casa da Música

em trânsito #022

‘O que aprendi com a arquitectura’

Álvaro Siza

Porto, 23 de Abril de 2009 | 5ª feira, 22h

Casa da Música

em trânsito #025

Gesine Weinmiller

Porto, 3 de Maio de 2009 | Domingo, 22h00
Casa da Música

em trânsito #026

‘Territory’

Marcel Meili

Porto, 3 de Junho de 2009 | 4ª feira, 22h00

Casa da Música

em trânsito #027

‘Ke Da Ke Xiao’
Yung Ho Chang

Porto, 15 de Julho de 2009 | 4ª feira, 22h00

Casa da Música

Em  www.oasrn.org > Cultura poderão encontrar toda a informação sobre o ciclo de conferências de arquitectura “em trânsito”.

Medalha de Ouro para Siza

20070724143716713215

Álvaro Siza conquistou uma posição de destaque nacional e internacional, com as suas obras diferenciadas pelos traços arrojados e pela integração no meio, no conjunto ofereceu-lhe projecção e fama pelo mundo fora. Por mais de quarenta anos de arquitectura, as obras de Siza são de uma inultrapassável contemporaneidade e alvo de um interesse crescente, principalmente depois da atribuição dos Prémio PRITZKER, 1992, considerado o Nobel da Arquitectura.

“Dia 26 de Fevereiro, em audiência privada no Palácio de Buckingham, Álvaro Siza recebe de Sua Majestade, a Rainha Isabel II, a Medalha de Ouro 2009 do RIBA.  Seguir-se-á uma cerimónia-jantar de celebração, no Florence Hall, em Londres, entre as 6 e as 11 da noite, onde serão também consagrados sete arquitectos estrangeiros, em reconhecimento da importância das suas obras – entre eles está Eduardo Souto de Moura. “

A entrevista de Jonathan Glancey a Siza, foi publicada na edição de 26 de Janeiro do Guardian pode ser lida aqui.

FANTASPORTO

Fantasporto tem programa paralelo de arquitectura A 29.ª edição do Festival Internacional de Cinema do Porto (Fantasporto), que tem o Teatro Rivoli como sede, vai ter uma retrospectiva «Cinema e arquitectura» entre as várias sessões competitivas previstas no programa oficial. Em colaboração com a Ordem dos Arquitectos – Secção Regional Norte (OASRN), a retrospectiva «Cinema e arquitectura» inclui duas conferências dedicadas ao tema ‘Sobre as ruínas do futuro’* com dois convidados especiais.

A 17 de Fevereiro (Teatro Rivoli, 18h), o convidado é o arquitecto japonês Sou Fujimoto, premiado no Festival Mundial de Arquitectura de Barcelona de 2008 – foi vencedor da categoria «residência privada» com um projecto de uma casa de madeira, um «bungalow» que, na sua própria descrição, «pode ser considerada uma pequena e primitiva habitação» mas a pensar numa «nova arquitectura» [mais]. Casa de Sou Fujimoto: parece um lego para adultos brincarem Sou Fujimoto aproveita a enorme «versatilidade» da madeira para criar uma habitação em que não se definem tectos, chãos ou paredes à partida, ou seja, em que um chão se pode transformar em tecto, parede ou cadeira, com diferentes perspectivas e usando blocos daquele material. «Os diferentes níveis de uma habitação são relativos e permitem que os habitantes reinterpretem os espaços de que acordo com o sítio da casa em que se encontram (…) tal coisa só é possível porque possivelmente apenas com madeira se pode obter uma estrutura ou uma peça de mobiliário».

A 19 de Fevereiro (Teatro Rivoli, 18h) o convidado é o arquitecto Marcos Cruz, cujo trabalho de doutoramento foi galardoado recentemente pelo Royal Institute of British Architects e no qual discute, através do usos das tecnologias digitais, os limites da materialidade da arquitectura [mais]. Em ambas as sessões vão estar os arquitectos Jorge Patrício Martins, comissário da retrospectiva «Cinema e Arquitectura» e Luís Tavares Pereira, da OASRN.

O levantamento de ingressos para os filmes (gratuitos) pode ser feito na bilheteira do Rivoli, no dia anterior de cada sessão entre as 13h e as 22h. De acordo com a informação da OASRN, a presença nas conferências e sessões de cinema equivalem cada uma a um crédito de «Formação opcional em matérias de arquitectura».

Filmes que passam na Retrospectiva Cinema e Arquitectura: Artificial Inteligence: AI – Steven Spielberg – EUA – 146 min Breaking and Entering – Anthony Minghella – GB, EUA – 120 min Blade Runner – Ridley Scott – EUA, HK – 117 min Blindness – Fernando Meirelles – Can, Bra, Jap – 120 min Code 46 – Michael Winterbottom – GB – 92 min Dark City – Alex Proyas – Aus, EUA – 100 min Immortel – Enki Bilal – Fra, Ita, GB – 102 min I Am Legend – Francis Lawrence – EUA, Austrália – 101 min Metropolis – Fritz Lang – Ale – 153 min Re-cycle – Oxide Pang, Danny Pang – Tai, HK – 108 min The Island – Michael Bay – EUA – 136 min

Informações: Fantasporto Rua Aníbal Cunha, 84 – sala 1.6, Porto Tel. 222 058 819 E-mail: info@fantasporto.com http://www.fantasporto.com *‘Sobre as ruínas do futuro’ evoca duas explicações para o título.

A primeira é a de que, na última Bienal de Arquitectura de Veneza, o Leão de Ouro foi atribuído ao «Hotel Polonia» – The Afterlife of Buildings [mais], exposição em que «o sentido de permanência e durabilidade da arquitectura era confrontado com colagens artísticas de seis edifícios contemporâneos erguidos na Polónia (…) que retratavam alterações na sua função» relacionando-as «com alterações sociais num futuro próximo». A segunda é a de que o tema das conferências retoma o texto «The ruins of the future» [mais] escrito no blog do autor Sam Jacob. Ele diz que «cada sucesso transporta consigo as sementes do falhanço» e discorre sobre coisas que, na sua opinião, se podem escrever: «A história sugere que a construção dos projectos mais ambiciosos imediatamente precede o maior declínio económico. É o que vimos acontecer com o Museu Guggenheim de Bilbau ou com as novas cidades construídas na zona do Golfo [Pérsico]». O texto queixa-se de um certo clima de «complacência, arrogância e ausência de dúvidas» que conduz a uma «feira de vaidades do consumo». Outras opiniões poderiam acrescentar a esta visão que a história apenas sugere que nunca sabemos o que vai acontecer e o que o seu estudo consiste em isolar um problema e trabalhá-lo – definindo através de que ferramentas o vamos fazer e sabendo que o que se obtém é uma explicação plausível, entre outras, para algo que queríamos demonstrar. © OASRS 2/13/2009


EMAIL naul.wordpress@gmail.com

calendário

Fevereiro 2009
S T Q Q S S D
« Jan   Mar »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728  

Visitantes

  • 123,076 arquitectos